sexta-feira, setembro 22, 2006

Growing Pains



Ou em bom Português, as Dores do Crescimento!
As dores do crescimento as quais me refiro aqui não são aquelas dores físicas que algumas crianças sentem, trazidas pelo crescimento dos ossos e dos músculos. Mas sim aquelas dores emocionais que uma mãe sente ao ser lembrada que o seu filho cresce. Hoje eu senti essas dores.
Acontece que o meu filhotinho está crescendo. E a gente chega até a pensar algumas vezes que eles vão ser pequenininhos para sempre, e pertecerem a gente para sempre. Mera ilusão.

Paulzinho já tem 5 anos, e este ano está fazendo a transição de daycare (berçário-maternalzinho) à escola. Geralmente o pai o leva a escolinha de manhã. Hoje eu fui lá conhecer o lugar, conhecer a professora do meu filho, conhecer seus coleguinhas. A escolinha não é escolinha, é mais escolona. Enooooorme! Ele é bem pequeninho ainda naquele lugarzão tão grande.

De manhã as crianças se reunem na cafeteria para tomar o café da manhã. Lá vai meu filho pegar a bandejinha e ir servir a si próprio. Fui tentar ajudá-lo, e a professora que tomava conta do lugar foi categórica "Não, mãe! Deixe o seu filho se servir sozinho!. Ele já não é mais um bebê e já está na escola!" Pois é, e Paulzinho seguiu com sua bandejinha, com uma caixinha de leite achocolatado que ele mesmo escolheu, e uma caixinha de cereal que ele mesmo escolheu, e foi sentar na mesa junto com outros coleguinhas pra comer.

Dei um beijo nele, "mommy loves you" falei, e fui embora trabalhar com os olhos cheios de lágrimas! Porque o meu filhinho está crescendo! E puxa, dar o maior orgulho, mas também dar uma dorzinha apertando o peito! As dores do crescimento que só mesmo uma mãe entende!

10 comentários:

Leila disse...

Que lindo, você deve estar "so proud"!

um pouco de mim disse...

Laura,

Nao e facil nao ... nem me fale ...
Mas e preciso crescer...
E a gente tem que se acostumar

beijos

Gabi disse...

Imagino que lindo, PAulzinho todo homenzinho na escola...Ah Laurinha sou mamãe a tão pouquinho tempo e já sei bem do que vc está falando, Laurinha vai crescendo e mudando tão rápido que as vezes , me pego nostalgica vendo as fotinhos dela de recem nascida...por isso tento ficar com ela o máximo de tempo possível e aproveitar cada segundo dessa fase!
Beijos

Maitê disse...

Laurinha, que bonito isso. Infelizmente a gente cresce. Como era bom ter o carinho da mãe da gente, tipo, quando a minha mãe me deixava dormir nos dias frios e eu não precisava ir para a escola. Me lembrei até da minha lancheira amarela... Tô melhorando, Laurinha, muito agradecida por suas palavras, meu estômago é muito complicado. Acho que ele tá me punindo pelos dias que eu ficava brava e jogava tudo para cima dele... Um abração...

Tom, um ser diferente... disse...

Laurinha,
Que coisa mais linda! Eu cheguei a ficar imaginando essa cena que vc descreveu aqui.
Ele deve estar lindo mesmo!
Estou louco para rever vcs todos.
Sinto muita saudade.

Um beijo enorme e fica bem, tá?!

Tom

Marcia disse...

Calma Laurinha, ta muito cedo ainda pra essas dores :)Imagina quando ele tiver 18, hehehe

Nao me convida duas vezes que eu vou heim? hehehe

Beijos e bom fim de semana pra voce

Princesse du' Charme disse...

bixinho!!!
Ele ja falou se esta gostando da escola? ou todas as vezes que voces perguntam ele diz "eu nao quero falar sobre este assunto!"
=*

Laura disse...

Gabi Acho que nao tem idade. Nao importa quantos anos eles tem, a gente sente igual. Quando Paulzinho engatinhou, eu senti saudades de quando ele ainda era bebezinho. Quando ele andou, eu senti saudades de quando ele ainda engatinhava, etc.. eheheh!! Mae sofre!

Laura disse...

Marciaserio mesmo, se voce vier por aqui me avisa ta?

Bruna ele ainda diz que nao quer conversar. A gente pergunta, mas ele esta sempre muito ocupado com outras coisas.

Anônimo disse...

Lindo texto, lindo filho, linda linha da vida. Aproveita! Não pense que vc está perdendo nada, pensa que vc esta transformando o pacotinho que veio da maternidade em um homem.
Parabéns pela escola enorme!
Rubiane

Arquivo

   
eXTReMe Tracker