segunda-feira, junho 11, 2007

Woke up this morning....

Todo mundo acordou esta manhã com uma pulga atras da orelha, e uma mesma pergunta: O que foi que aconteceu?



Por um minuto inteiro ontem, na marca das 10 horas da noite, eu e o meu marido nos perguntamos se nos esquecemos de pagar a conta do HBO. Cancelaram a gente? Por um minuto inteiro, o país inteiro se fez a mesma pergunta.

Blackout e silêncio marcou o final do melhor, e repito, melhor seriado da estória da tv americana, The Sopranos, deixando à nossa imaginação a tarefa de decidir o destino dos seus personagens principais. E 10 minutos mais tarde ainda andávamos pela casa num brainstorm de idéias, com a pulga atrás da orelha. Confusão e raiva foram as primeiras reações, mas agora, pensando bem, o final não poderia ter sido melhor. Golpe de mestre!

Foram o que? 7 anos acompanhando a vida de Tony Soprano? A estória é contada atravéz dele, pelo seu ponto de vista, e maneira de interpretar o mundo. Conhecemos a fundo as duas faces bastante diferente de um mesmo homem. De um lado o sociopata, poderoso chefão, capaz de matar à sangue frio até aqueles a quem chamava de melhores amigos. Do outro lado a sua vulnerabilidade como ser humano, o amor pela sua família disfuncional, as suas aflições em não conseguir contornar as coisas e as situações.

A estória toda é vista atravez dele, era de se esperar que também terminasse atravez dele.
Pois aqui vai a minha interpretação para o final, e se você ainda não viu, spoiler, spoiler, spoiler, leia por sua conta e risco.

Tony observou atento tudo ao seu redor no restaurante. Acompanhou o movimento com olhos, quem chegava, quem saia, quem estava sentado nas mesas ao redor. O que nós, como telespectadores vimos, vimos através dos olhos dele.
Um cara se levanta e vai ao banheiro. Dois indivíduos entram no restaurante. Meadow corre para entrar no restaurante e nesta hora... .NADA... blackout total, silêncio, fim. Pra mim Tony foi assassinado ali naquele momento. Porque o que vemos, é o que ele vê. E quando vem o nada, é porque ele não vê mais nada. Fim. O cara do banheiro quem pegou Tony. Ou talvêz até Carmela e AJ também. Meadow era a única boa da família, então ela não.

(Me falaram depois que o cara que entra no banheiro é sobrinho de Phil Leotardo. Ele é visto num episodio anterior, numa reunião de familia. Alguém confirma isso?)

Assim que eu vi, mas hoje já li e ouvi muitas outras teorias diferentes. Pois é, ficou pra gente decidir. Um final audacioso, assim como o restante do seriado. Nada mais apropriado!

6 comentários:

Dona Minhoca disse...

7 anos? Putz! Acho que a única série que assisti (pra valer) por mais de dois anos foi X-Files... :)

Andréa N. disse...

Nossa, que teoria interessante!! Faz muito sentido mesmo. Eu gostei de qualquer jeito. Fiquei meio sem entender a principio, mas sei que o diretor nao eh de dar muitas explicacoes. Entao, me conformei. assisti ontem a noite de novo. Adoramos essa serie, como voces.

Jôka P. disse...

Também acompanho Sopranos, mas a última temporada ainda vai estrear essa semana na HBO Brasil.
Bjs!

hotspot_fortaleza disse...

_______,,,(=^.^=),,,______

ESSA SÉRIE EU NÃO ASSISTIA

MAS ... LOST, HEROES, THE NANNY, ... SOU VICIADO !!!

ATÉ +

Maitê disse...

Sou viciada em Lost. E tá louco, terminou e eu estou com umas 450 pulgas atrás de minhas orelhas... Abs

Vivi disse...

Amiga...
Eu já vi alguns episódios dessa série, mas nunca acompanhei de fato, pois não tenho HBO em casa.
Amiga estava com saudades de vir aqui...
Mil bjos

Arquivo

   
eXTReMe Tracker