domingo, dezembro 30, 2007

Pelo Natal eu liguei para a minha família lá no Brasil. Daí liguei também para a minha prima que mora na Itália, Kátia. Faz um bocado de tempo que ela mora lá. Casou com um Italiano e já tem dois filhos. Ela e o marido trabalham nos negócios da família dele.

Kátia aprendeu a conzinhar aquelas comidas italianas todas. Falando com ela, ela me diz que ía preparar um Tiramisu. Eu aí comentei que gostaria de saber preparar Tiramisu. E ela respondeu que era muito fácil.



Na verdade, eu gostaria mesmo era de ter pedido à ela que me enviasse a receita. E que aproveitasse e também mandasse uma receita de molho de tomate autêntico. Mas eu fiquei com receio de estar sendo inconveniente.

O negócio é que tem gente que trata receita de comida como segredo de família, e eu respeito muito isso. Eu trabalhava com um italiano que preparava umas almôdegas que eram maravilhosas. Ele dava receita de tudo, mas não dava a receita do molho de tomate por nada. Uma vez eu cometi o erro de perguntar, e ele respondeu brincando que daria, mas daí teria que me matar depois.

Minha mãe, que sabe receitas maravilhosas, sempre foi muito generosa em dividí-las com outras pessoas, mas tantas vezes me lembro dela reclamando que fulana ou cicrana nao gostava de dar receitas.

A medida que eu vou ficando mais velha, ou vou criando mais gosto por cozinha. Não cozinha do dia a dia, mas cozinha para ocasiões especiais, receitas de festas, pratos gourmet, essas coisas.

O meu Natal este ano foi na casa da cunhadex. Cunhadex é sem noção, mas isso seria assunto para outros posts. Eu levei uma sobremesa. E ainda bem, viu. Porque quando eu cheguei lá, o que tinha de sobremesa era biscoito de anisette. Quem não conhece anisette não está perdendo nada. Biscoito de anisette da cunhadex então... Desses entala-gatos que você bota na boca e se entala de tão seco que é. Vixe, e isso é lá receita de festa que se preze?
Levei um pavê de sonho de valsa, e o povo lá da casa dela não soube o que tinha atingido eles. Aposto que nunca na vida comeram algo tão gostoso. Imagina, um povo que cresceu comendo biscoito de anisette.


Na foto é muito mais gostoso que ao vivo!

Hoje, estava numa loja de livros. Fui logo procurar a seção de culinária. Ía comprar um livro de receitas de cheesecake, mas minha sobrinha me convenceu a comprar um de receitas italianas.

A cunhadex perguntou o que levava o pavê de sonho de valsa.
"A minha filha, não dá pra ensinar não. Todos os ingredientes são brasileiros. Não sei nem explicar." Foi a minha resposta.
É que eu não me importo de dar a receita pra ninguém, mas pra cunhadex, não dou nem morta.

8 comentários:

leila disse...

Ha ha ha, realmente os americanos não tem idéia do que seja um pavê, quanto mais o Sonho de Valsa... Quando me vêem com aquelas tortas de maçã com massa salgada, afe... A torta de maçã que a mãe fazia era a delícia das delícias, nada a ver com essa maçaroca daqui.

Maitê disse...

Laureti, feliz ano novo.

Que tudo que tu busque, se realize...

Um bjão

Andréa N. disse...

Hehehe, eita ariana brava!! :)

E eu me acabo com a tua cunhadex. Lembro de umas historias antigas que vc postou. É dureza, néam?!


Eu também tenho me interessado muito por cozinhar coisinhas especiais- mas vegetarianas, vc sabe. É muito divertido, né? Ganhei uma maquininha de "deep frying" de Natal, pequenina, linda. E já aprendi a fazer falafels com molho de tahini! Hmmm... :)

Scliar disse...

hehehe Tudo verdade verdadeira! Pois então que me lembrei da última viagem, pro Canada... Fazia as comidinhas, ninguém acreditava! Pior que traduzir receita tipica é realmente um sufoco.. E agora vou lá preparar minha receita de lentilha, é ano quase novo! Fica aqui meu desejo de tudo de bom neste 2008!

Naldy disse...

Menina, esse negócio de receita é mesmo um mistério. Minha mãe ama cozinha, minhas tias tb. Eu confesso que não tenho o dom. Gosto pouco tb, acho que isso faz com que eu não me anime. Mas pra contrariar, essa semana resolvi fazer uma macarronada a bolonhesa(credo já esqueci como se escreve isso) e deu certo. Não sobrou nem para contar a estória. hehe
Ah que Tiramissu é muito bom.
Pena que tudo que é bom engorda, como diz Roberto Carlos - ah, ou é proibido hi hi hi
FELIZ ANO NOVO
HAPPY NEW YEAR
GELUKKIG NIEUWJAAR!(da terra dos tamancos pra você)

Mariposo-L disse...

Sabe que sempre achei que tiramisu era um doce árabe ...
Para evitar perdi receita fico vendo aqueles programas na TV, e comprando livros ....

um Feliz 2008 a você e família :))

Janaina de Almeida disse...

Laura, apesar de fazer muito tempo que não venho aqui, Feliz Ano Novo.
Aqui no Rio tem um asorveteria com sabores de sorvete que não são convencionais, e resolvi experimentar esse de tiramisu.
Achei uma delícia.

Camila disse...

Mesmo porque, se ela ousasse fazer, ia provavelmente estragar sua receita ne... E ai voce que ia ficar com a fama!
Me deu uma vontade de comer pave agora...

Arquivo

   
eXTReMe Tracker