terça-feira, abril 01, 2008

Eu aguento?

Ontem no meu aniversário, ligou alguém da época da faculdade. Faz anos que não vejo, fazia uns 3 anos que não nos falávamos no telefone.
Depois do costumeiro "menina, quanto tempo, que surpresa boa, etc e tal...", a conversa rolou em torno dos cuidados DELA com a beleza. Ela me falava -
"Estou magérrima! Magérrima! Meu cabelo está batendo quase na cintura. Quando eu faço um rabo de cavalo eu fico com cara de 18 anos. Vou botar botox, porque eu estava olhando para uma foto minha um dia desses, e notei umas ruguinhas no sorriso..."

Achei que entre nós faltou assunto. Imagina se eu dissesse pra ela que tenho um corpinho rechonchudo, que umas ruguinhas no meu rosto ainda não me incomodam, e que já estou longe do que era quando tinha 18 anos?

O povo anda fútil assim no Brasil?

15 comentários:

mariposos disse...

Laurinha, pocha ontem foi seu niver e não te dei parabéns na dia certo ..buaaaa então Feliz Aniversario hoje .....

Mas sobre sua pergunta as mulheres aqui no brasil andam assim mesmo ...acho que quando morrerem tem até que ser lacradas como material toxico contaminante do lençol freático ..... kkkkk

è tudo puro silicone ...e ainda é tudo parcelado em suaves prestações, as rugas até voltam e elas não terminaram o carnê ...

Liliane de Paula disse...

Parabéns Laurinha. Vou anotar na agenda do Elefante. No próximo ano, não esqueço. A conversa da sua amiga pode ter sido fútil, mas, acho bom quem gosta de se cuidar. Rugas, nem me incomodam. Mas, flacidez me incomoda muito.
A festas das "lulus" deve ser legal demais.
Vc está bonita de branco.
Liliane

Anônimo disse...

Eh o povo do Brasil da o maior valor a vaidade dos que o povo daqui, eu antes era bem mais, hoje acho que dei uma desleixada, mas as vezes eh sempre bom.

E nem se preocupa, vc ainda tem carinha de 15.. hehehe como no slogan acima diz.

bjs
Pry

Lucia Cintra Stevenson disse...

Existem pessoas assim em tudo quanto e' lugar do mundo. Talvez em mais concentracao em certas cidades tanto daqui quanto do Brasil, fazer o que, ne? Eu gosto de me cuidar, mas acho que depois de 3 anos sem ver/convesar com alguem, eu teria coisas muito mais interessantes pra contar do que minha aparencia fisica. Estranho.

Mi disse...

laura- tbem gostei do teu blog. Qto aquela polemica, concordo contigo. E o q mais me deixa irritada naquela historia eh q as pessoas nao respeitam um ponto de vista diferente. E o Orkut eh aquela coisa q cansa minha beleza as vezes, hehehehe.

ah, e q pessoa sem nocao essa tua conhecida, hahahahaha

Vivi disse...

Amiga nem sabia que vc fez niver...
Parabéns!!!

Olha, tem gente que sinceramente é SEM NOÇÃO nehnuma...Que pessoa falta de papo! Fala sério!!!

Um bjão

luzdeluma disse...

Laurinha, você tá linda!
Vi nas fotinhas.
Futilidades externas e vazio por dentro. É por isso que ela não tinha assunto.
O povo por aqui tá muito chato.
Parabéns pela data!! Felicidades!
Beijus, luma

Scliar disse...

Feliz aniversário atrasado! E quanto festere por aqui... Quero um pedacinho deste bolo. Acho que vou inventar um chá de vovó - tem cha de cozinha, de bar, de bebê. Tambem quero! bzs mil.

Andréa N. disse...

Lindaaaa!! Tambem me irrita essa futilidade. A gente eh feminina e gosta de se cuidar e tal, mas no Brasil a coisa toma uma proporcao absurda. Deus me livre. Americanos sao muito mais simples, mais desencanados. E preocupados com coisas mais importantes. Gracas a Deus... Voce esta linda- tem a maior cara de crianca- olha essa foto abaixo e me diz se nao eh?!

tertulías disse...

Nem quiz olhar o que as outras pessoas diesseram para nao ser influenciado... a verdade é que eu acho que as pessoas no brasil estao MAIS do que fúteis. uma tristeza. se falar de valor interiores... nossa, acho que a gente seria apedrejado... de uma passagem pelo meu blog. a última postagem nao fala de futilidade porém de como as pessoas odem/ou nao/ influenciar seus próprios "futuros". lembrancas de viena!
Ricardo

Jôka P. disse...

As pessoas ficam falando mal dos brasileiros, mas nem moram no Brasil.
:(

Laura disse...

JOKA, nao eh falando mal dos brasileiros, eh notando a futilidade de certas pessoas. Fazia anos que eu nao falava com a mulher, tudo que ela soube dizer no telefone foi que estava com carinha de 18 anos. Quando eu fui ao Brasil, me chamaram de gorda umas 400 vezes na minha cara. Alem de criticarem o meu modo de vestir, que disseram estar muito americano. Achei falta de assunto e grosseria da parte deles.

Beijos

leila disse...

Laurinha, eu acho que aumentou a obsessão com a perfeição no Brasil sim. Tem mais de uma revista nas bancas só sobre Cirurgia Plástica e Beleza; isso num país onde poucas revistas conseguem sobreviver por muito tempo.

Sonho Meu disse...

Voce sabia que o brasileiro é o povo mais narcisista do mundo?
Quando morava no RJ sentia uma cobrança desgraçada pra ser magra, malhada, pintar cabelo, andar sempre na moda e por aí vai.
Aqui o que interessa é a saude e o que voce tem pra dizer quando é "convocada". Pra que esse culto exagerado a beleza. Por que nao simplesmente viver a vida de uma forma saudavel e feliz?
Ah Laurinha...muitas e muitas felicidades no teu aniversario e todos os dias da tua vida.

Megui disse...

Algumas pessoas disseram que gostam de se cuidar. Tudo bem, também gosto de me cuidar. Tento comer saudável, fazer yoga, cuidar do cabelo, da pele, essas coisas. Mas plástica, em muitos casos, é algo que vai além do se cuidar. É obsessão e não se sentir bem consigo mesmo. Pode ser que eu mude de idéia em 20 anos mas há uma diferença em se cuidar e ser obsessivo com o padrão Barbie de beleza.
Outra coisa. Esse post me fez lembrar que antes de morar aqui, eu achava que os americanos é que eram fúteis. hoje em dia já não penso assim mas depende do tipo de amizade. Meus amigos jornalistas no Brasil não ligam muito pra essas coisas não. O negócio deles é cerveja.
Mas que há uma preocupação excessiva em ter o corpo perfeito lá, isso sim. Mas também não há povo que mostre tanto o corpo quanto os brasileiros (e os meus amigos loucos de LA).

Arquivo

   
eXTReMe Tracker