segunda-feira, abril 21, 2008

Eu escrevi um post falando de como eu tinha perdido a minha pulseira, e nao sei o que houve, o post inteirinho foi pro beleleu. Vixe!

Pois vai de novo, numa versao bem resumida.
Na sexta eu peguei uma das minhas pulseiras pra usar pro trabalho, mas ao invez de colocar no braco, eu ja estava super atrasada, levei a pulseira pro carro. Mil e uma coisas na minha cabeca, nao coloquei a pulseira no braco e esqueci dela completamente. Quando cheguei no trabalho que me lembrei dela, cade a pulseira? Canto mais limpo. Procurei por todos os cantos. Fiquei P da vida que havia perdido.

No final do dia, quando chego em casa do trabalho, la estava a pulseira pendurada no corrimao da entrada principal. Alguem achou e colocou la pra eu ver. Fiquei impressionada com a honestidade da pessoa!
Esta pulseira aqui

**

Final de semana -


9 comentários:

leila disse...

Fofa a pulseira, e mais fofo ainda o Paulzinho!

Andréa N. disse...

Linda mesmo, a pulseira. Teu filho ta uma coisa, hein?!

E esse negocio de devolver o que se acha, soh aqui, ne? No Brasil, como diz a minha mae, teriam 3 pulseiras no lugar. He.

Angela disse...

oie !
por aqui as pessoas sao honestas também :o caído e achado na rua, nao é seu, é da pessoa que perdeu!
E nao o conhecido "achado nao é roubado"...rs...
Seu filho é um menino bonito, hein! cara de menino feliz!
bjo
e boa semana!!

Lucia Cintra Stevenson disse...

Seu filhinho e' muito fofo! Mas sobre sua pulseira ter sido devolvida, isso e' uma das coisas que gosto muito daqui. A maioria das pessoas sao honestas mesmo e acho isso super legal.

Minha amiga uma vez colocou sua bolsa no capo do carro e a esqueceu ali. Saiu dirigindo e perdeu tudo. A pessoa que achou, teve a gentileza de procurar seu numero na lista telefonica, ligar pra ela e avisar que tinha achado sua bolsa e documentos no meio da rua.

Ela foi ate la querendo dar uma recompensa a pessoa, mas essa recusou e somente disse que gostaria que os outros fizessem o mesmo, caso tivesse acontecido com ela. bjos

Anônimo disse...

Laura,


Uma vez achamos uma carteira na praia ... atraves da carteira de motorista, conseguimos o endereco da pessoa e fomos (eu e Gui) ate a casa da pessoa para devolver , dirigimos 20 minutos em direcao contraria ao nosso destino pra fazer isso... a pessoa tinha chegado em casa ha pouco e nos agradeceu muitoooo.
Outra vez eu esqueci minha bolsa numa loja (so eu mesmo) , quem achou, foi ate a vendedora e entregou a bolsa com tudo ... ai eu liguei no meu celular e fiquei sabendo que a bolsa estava sa e salva , recuperei tudo que tinha ...
Existem pessoas e pessoas ...


Beijos

Raquel

Raquel

Jôka P. disse...

Todos lindões: o Paulzinho, você e last but not least, a pulseira.

Liliane de Paula disse...

Vc fez a pulseira? Adoro pulseiras e aneis. Vc gosta de vermelho? Eu de dourados e de roxo.
Liliane

Sonho Meu disse...

Luainha,
aqui é assim...já perdí oculos de 300 dolares no supermercado(comprando fruta), alguem encontrou e colocou bem em cima do balcao, voltei correndo e achei. Já esqueci a carteira na caixa d supermercado...voltei correndo e achei no mesmo lugar.
Já encontrei muitos documentos e entrego sempre pro Customer service nos shoppings e supermercado.
Imagine se isso aconteceria no nosso querido Brasil, que voce nao precisa nem perder, que é assaltado.
bjokas,
me

Scliar disse...

MAs em todos estes casos de achados e perdidos não podemos esquecer de agradecer para nosso Santo infalível! São Longuinho, São Longuinho... Bzus. Ethel

Arquivo

   
eXTReMe Tracker