segunda-feira, maio 11, 2009

<<-- NOT ME!


Na semana passada teve um acidente de metro horrivel aqui em Boston. Nao causou nenhuma morte, gracas a Deus, mas levou um monte de gente pro hospital, alguns em situacao grave. Agora estao divulgando que a causa do acidente foi distracao do condutor, que estava passando mensagem de texto no celular em horario de trabalho. Fiquei boba!
Gente, esse foi o segundo acidente do mes aqui em Boston causado pelo mesmo motivo. O primeiro foi causado por um motorista de onibus escolar, que foi flagrado pelas cameras internas do onibus fazendo o mesmo, e terminou batendo, e ferindo varias criancas no processo.

Eu nao entendo essa necessidade enlouquecida das pessoas hoje em dia de estarem conectadas 24/7.
No outro dia eu estava numa loja comprando algo, e a mocinha atras da registradora fez a transacao completa com uma mao no celular e outra na registradora. Eu poderia ter dado a ela um cartao de credito roubado, forjado uma assinatura de homem, e ela nem iria se dar conta. O tempo todo passou conectada aquela conversa no celular.
Mas vai ver que ela estava passando a formula da cura do cancer, ou o metodo infalivel de salvar o nosso planeta, ou tivesse encontrado o sentido da vida, ne? Entao nao vamos julgar a urgencia daquela mensagem!

E por mais modernos e avancados que a technologia celular fique, eu absolutamente nao entendo o encanto de uma mensagem de texto. Por que uma mensagem truncada de texto, eh melhor que falar com as pessoas? Acho uma agonia ficar procurando as letras naquelas teclinhas mixurucas, minusculas do telefone, pra passar um texto abreviado, quase sem sentido, de mensagenzinhas mediocres. Com o meu astigmatismo entao, me doi ate os olhos tentar ler aquelas letrinhas.

No outro dia a minha colega de trabalho passou o horario de almoco inteirinho textando pra uma amiga contando que tinha comprado um cachorro. O sentido de estarmos almocando juntas era que ela iria contar a MIM os detalhes dessa compra. Mas ao invez de contar a mim, que estava ali pessoalmente sentada a frente dela, ela contou a amiga pelo celular, em mensagem textada. Fiquei sem saber dos detalhes porque o tempo nao deu, e depois ri sozinha comigo mesma pensando se ela iria chegar em casa mais tarde, e passar uma mensagem de texto pra mim, contando os tais detalhes. haha! Sinceramente..

10 comentários:

Rubiane disse...

O que me impressiona é a urgência dessas mensagens. Parece que se elas não foram escritas naquela hora o mundo irá acabar-se.
Essa da sua amiga que ficou teclando com outra enquanto você estava ali em carne e osso diante dos olhos dela é a regra e não a excessão desse mundo de mal educados que a tecnologia pariu.
Talvez ela não tenha assistido wall-e ou se assistiu não compreendeu.
Vai saber.
Beijos
Rubi

Lucia Cintra disse...

Bom, dependendo do assunto e de onde estou, prefiro text do que ligar pra pessoa. Eh simplesmente mais facil pra mim e o blackberry que uso tem uma tecla de tamanho decente, escrevo super rapido nele.

Ate comento nos blogs (como agora) e respondo emails daqui, senao nao dou conta, pois qdo chego em casa tenho milhoes de projetos pessoais a fazer.

Nao acho certo fazer qq coisa com o telefone dentro de um veiculo, trem, metro ou coisa parecida. Espero que passem uma lei logo proibindo isso, pois mts dos acidentes sao devido as pessoas prestarem mais atencao aos celulares do que a estrada.

Bjos

Cynthia Zanon disse...

Eu tambem nao entendo essa necessidade de estar connectada 24/7...uns dizem que tem vida, pra mim nao tem nenhuma!

Isabella disse...

tb não entendo e não tenho esse hábito... Dizem que no Brasil é popular porque é mais barato do que telefonar...

e dirigindo??? E motoristas de táxi? Dá vontade de entrar no táxi e já pedir ao motorista pra não falar ao telefone ou muito menos ficar mandando mensagens...

ainda pior são os adolescentes que fazem isso o dia todo e desaprendem a escrever... ou seja, não tem serventia...

bjs

Marcia disse...

Também acho isso ridículo Laurinha.E pra completar, até na academia as bruacas andam de celular pra lá e pra cá enquanto fazem exercícios!

Sonhar é Preciso disse...

Odeio cellular, mas nao vivo sem ele.
Odeio quando a pessoa com quem tou falando, entra num elevador ou metro, ou tunel e voz se vai e eu fico falando sozinha. Mensagens eu demoro seculo pra digitar uma palavra e ai perco a paciencia. Mas jamais mandaria mensagem em texto dirigindo...Deus me livre!
Acho que deveriam proibir o uso do celular quando se está atras de um volante.Concetracao e tudo mais é totalmente comprometida quando se fala no celular...celular e direçao nao combinam.

Jôka P. disse...

Lauritcha, estou com a Elena, DETESTO celular, só que esse telefoninho portátil não me faz a menor falta. Nunca tenho urgências assim tão inadiáveis que não possam esperar 10 minutos. O meu aparelho é de 2004, acredita ? Não vejo um pingo de graça. Acho que celular caro é coisa de pobre.

Jôka P. disse...

Pior que celular só twitter.

Renata Nogueira disse...

Detesto celular, telefone fixo, conversas longas...
Não tenho paciência nenhuma pra essas coisas...
Quando estou em casa sozinha desligo tudo!
Bjão

Marcos Falcão disse...

Pois é Laurinha, é uma urgência que eu também não entendo, Menságens são para uma situação específica que se tem urgência em resolver uma situação e não se pode por estarmos no meio de algo, ou local que não se pode fazer barulho, ou até mesmo a pessoa não estar disponível no momento.
Como trabalho numa empresa de telecom, utilizamos muito no trabalho, mas em situações que não podemos adiar e que ou nós ou a pessoa esteja impossibilitada de conversar, no meio de uma reunião por exemplo. A mesma coisa se dá por MSN, e programinhas afins, eu não tenho paciência nenhuma mesmo pra ficar teclando besteiras despropositadas.
Acho que a tecnologia é muito bacana e está ao nosso serviço e não para que nos tornemos escravos dela. Ou eu ando atarefado demais ou as pessoas tem tempo de sobra pra ficarem trocando recadinhos ou em chats o dia todo no trabalho e quando chegam em casa.

Arquivo

   
eXTReMe Tracker