sexta-feira, junho 24, 2005

10 Anos Depois

Quando estava viajando, num dos nossos pit-stop de beira de estrada, lá em New Jersey entrei numa Starbucks e saí de lá com um latté e o novo cd de Alanis Morissette nas mãos: Jagged Little Pill, 10 anos mais tarde, desta vez em versão acústica.
Na semana anterior já havia assistido uma entrevista com ela (Dateline NBC ou 20/20, não lembro qual dos dois) aonde ela havia mencionado que para comemorar o aniversário de 10 anos do álbum (que também a colocou no mapa do mundo musical), ela o estava relançando.


Quando entrei no carro e mostrei à Paul, ele perguntou porque comprar o mesmo cd, com as mesmas músicas, tudo de novo? Não sei, fiquei curiosa! Fui atraída pela diferença.
Mas assim que começamos a escutá-lo, fomos os dois unânimes em reconhecer que Alanis conseguiu repetir a façanha.
Foi como tirar o cd da gaveta, limpar a poeira, dar uma reciclada nele... só que Alanis desligou-o da tomada, introduziu arranjos novos, instrumentos diferentes, até mudou umas coisinhas nas letras. E voilá!

O que acontece quando uma garota de 19 anos, com a sexualidade à flor da pele, aparentemente mais vivida que as outras garotas da mesma idade, tem o coração partido?
Ouça Jagged Little Pill, e você saberá a resposta. E sendo assim, em 1995 Alanis tornou-se pioneira numa industria predominada pelo macho.
Depois dela surgiram muitas, algumas duraram uma música, como Meridith Brooks (Bitch), outras alguns sucessos - please, de onde vocês pensam que surgiram uma Avril Lavigne, uma Pink dessas da vida? Todas tentam, mas igual à Alanis, nenhuma.
Eu li um comentário que Complicated (cantada por Avril Lavigne) deve ser a melhor música de Alanis Morissette, não escrita por Alanis Morissette. É por aí mesmo.

Jagged little pill ao pé da letra significa pílula pequena de formato irregular, ou seja, uma coisa que não desce fácil garganta abaixo. Então uma tradução que faz mais sentido seria - pílula dificilzinha de engolir!


Alanis cresceu, se afastou por uns tempos, encontrou sua espiritualidade lá na Índia (thank you India!), despiu-se de tudo (literalmente até), esqueceu os amores antigos (que por sinal, somente num episodio de Curb you Enthusiasm foi que vi ela contar, assim de zona, no ouvido de Larry Davis, quem era o tal do homem pra quem ela escreveu You oughta know), e este ano ela voltou.

Mas apesar de mais calminha, e mais madura, o relançamento de Jagged Little Pill já começou causando polêmica e irritando gente pelo caminho. É que ao invéz de colocar o cd à venda nos lugares de sempre, por um capricho talvéz, Alanis assinou um contrato exclusivo com a Starbucks que dá à companhia um jump-start de 6 semanas na sua venda. Só depois disso, é que o cd será vendindo em outras localidades. Leia mais aqui.
O que me faz crer que o relançamento não foi movido por intenções financeiras, mas somente puro ego. Esta é a Alanis!
De qualquer forma, como já disse aí em cima, o cd está fantástico, e eu o recomendo.

Eu gosto de TODAS as músicas, mas aqui vão duas das minhas favoritas, com suas respectivas traduções:

Right Through You
Wait a minute, man
You mispronounced my name
You didn't wait for all the information
Before you turned me away
Wait a minute sir
You kind of hurt my feelings
You see me as a sweet back-loaded puppet
And you've got a meal ticket taste
I see right through you
I know right through you
I feel right through you
I walk right through you
You took me for a joke
You took me for a child
You took a long hard look at my ass
And then played golf for a while
You shake is like a fish
You pat me on the head
You took me out to wine dine 69 me
But didn't hear a damn word I said
Hello Mr. Man you didn't think I'd come back
You didn't think I'd show up with my army
And this ammunition on my back
Now that I'm Miss Thing
Now that I'm a zillionaire
You scan the credits for your name
And wonder why it's not there

Espere um minuto, cara
Você me chamou pelo nome errado
Você não esperou por toda a informação
Antes de mandar-me embora
Espere um minuto, senhor
Você meio que feriu meus sentimentos
Você me vê como um fantoche de carregar nas costas
E você me experimentou
Eu vejo diretamente através de você
Eu sei diretamente através de você
Eu sinto diretamente através de você
Eu ando diretamente através de você
Você me tomou como uma brincadeira
Você me tomou como uma criança
Você deu uma boa olhada na minha bunda
E então jogou golfe por um tempo
Você treme como um peixe
Você acariciou a minha cabeça
Levou-me para tomar vinho, jantar e um 69.
Mas não escutou nada do que eu disse
Oi, Sr. Homem, você não pensou que eu voltaria
Você não pensou que eu apareceria com meu exército
E esta munição nas costas
Agora que sou a Senhorita Coisa
Agora que sou uma zilionária
Você procura nos créditos o seu nome
E se espanta por ele não estar lá

You Oughta Know
I want you to know
that I’m happy for you
I wish nothing but the best for you both
An older version of me
Is she perverted like me
Would she go down on you in a theater
Does she speak eloquently
And would she have your baby
I’m sure she’d make a really excellent mother
’cause the love that you gave that we made
Wasn’t able to make it enough for you to be open wide, no
And every time you speak her name
Does she know how you told me you’d hold me until you died
But you’re still alive
And I’m here to remind you
Of the mess you left when you went away
It’s not fair to deny me of the cross I bear that you gave to me
You oughta know
You seem very well, things look peaceful
I’m not quite as well, I thought you should know
Did you forget about me mr. duplicity?
I hate to but you in the middle of dinner
It was a slap in the face how quickly I was replaced
Are you thinking of me when you fuck her’?
cause the love that you gave that we made wasn’t able to make it enough for you to be open wide, no
And every time you speak her name
Does she know how you told me you’d hold me until you died
But you’re sill alive
’cause the joke that you laid in the bed that was me
And I’m not gonna fade as soon as you close your eyes and you know it
And every time I scratch my nails down someone else’s back I hope you feel it...well can you feel it?

Vocè Há De Saber
Eu quero que você saiba
que eu estou feliz por você
Eu desejo nada além do melhor para vocês dois
Uma versão mais velha de mim
Ela é pervertida como eu?
Ela desceria em você num cinema?
Será que ela fala com eloquência?
Será que ela teria o seu filho?
Eu tenho certeza que ela faria uma mãe realmente excelente.
Porque o amor que você deu, que nós fizemos
não foi suficiente para fazer com que você se abrisse, não
E todas as vezes que você fala o nome dela
Será que ela sabe como você me disse que ficaria comigo até morrer,
mas você ainda está vivo?
E eu estou aqui para relembrá-lo da bagunça que você deixou quando partiu
Não é justo negar a cruz que eu carrego, e que você me deu
Você há de saber
Você parece bem, as coisas parecem calmas
Eu não estou tão bem assim
Eu achei que você deveria saber
Você esqueceu de mim, Sr Duplicidade?
Eu detesto encomodá-lo no meio do jantar
Foi como um tapa na cara o jeito rápido como eu fui substituída
Você pensa em mim quando está fudendo ela?
Porque o amor que você deu, que nós fizemos não foi suficiente para fazer com que você se abrisse, não
E todas as vezes que você fala o nome delaSerá que ela sabe como você me disse que ficaria comigo até morrer, mas você ainda está vivo?
Por causa da piada que você deitou na cama, que era eu
E eu não vou desaparecer assim que você fechar os olhos, e você sabe disso
E todas as vezes que eu arranhar as costas de alguém com as minhas unhas eu espero que você sinta..você pode sentir?

14 comentários:

cilene disse...

Bom inicio de semana amiga..esse negocio de musica,,,criticar, elgoiar, nao e comigo..gosto de tudo...beijos, cilene

cilene disse...

Bom inicio de semana amiga..esse negocio de musica,,,criticar, elgoiar, nao e comigo..gosto de tudo...beijos, cilene

mariah1979 disse...

Tenho apenas um cd da Alanis. Acho que fiquei meio perdida no meio do caminho quando conheci o trabalho dela, mas é uma cantora que gosto muito. Gosto imenso do trabalho dela e fiquei curiosa para conhecer mais sobre ela depois de tudo o que li aqui. Achei interessantíssimo.

Paula disse...

Oi, querida...nao sumi nao...eh que ando estudando muito e meu acesso ao computer agora so ocorre mais a noite (lembra do Dede?) e ando meio quebrada...mas claro que te leio sempre...tu tambem estava de ferias, curtindo esses dois meninoes bonitos ai da tua casa, ne? Faz bem...viajar, descansar, namorar...agora que tu voltou ao "batente" blogal to te lendo sempre! E tambem sou fa da Alanis...alias, vi o filme "Dogma", onde ela interpreta Deus. Me parece que ela eh bi, ne? Tenho um amigo que a conheceu numa estacao de trem em Londres tocando com a irma...ele ficou louco...queria ser o empresario dela...hahaha...mas quando chegou em casa e ligou a MTV deu de cara com ela bem no comecinho...imagina? E pior, que o moco nem pra me tirar foto com as duas, agora da pra imaginar algo assim? E parece que quem patrocinava a cantora era a produtora da Madonna que tem socio que namora uma londrinense...Michelle Alves...modelo...la da minha terra...esse mundo eh pequeno e eh bem "SEIS GRAUS DE SEPARACAO" mesmo...Laurinha, tu ja viu esse filme "SEIS GRAUS" com o Will Smith, fazendo o filho do Sidnei Potier? Se nao viu...corre ver, porque eh o primeiro dele e o melhor...demais! Ei, tu ja deve estar arrependida de ter perguntando por mim, ne? Tu sabe que escrevo quase um tratado quando venho aqui...super beijo!

Paula disse...

Ei, Laurinha...tu viu o novo post da Scheila? Fiquei de cara...nunca tinha pensando naquilo...ela eh otima, ne? Escreve super bem. Voc sabe que tem mocas muito bacanas nessa blogo tambem. Quem sabe tu nao da uma olhada:
1) http://danissincrasia.blogspot.com/
2)
http://www.duralexsedilex.blogger.com.br/
3)
http://www.italianews.blogspot.com/
4)
http://coisasbobas.blogspot.com/
5)
http://claudiabeatriz.blogspot.com/

Paula disse...

Olha, tudo gente boa...
1) Dani eh professora da Federal da Bahia. Minha comadre...adoro! Ela ta cuidando do "Arte" da Ana Lucia que esta pesquisando pra tese dela de PHD.
2)Karenin mora na Franca, trabalha na Suica, tem MBA, fala cinco linguas e eh um doce de coco...da vontade de levar pra casa.
3)Luciana, mora na Italia...sei bem pouquinho, mas eh moca fina.
4)Georgia eh procuradora federal, monja budista leiga, adora florais e tem cada artigo nos arquivos...blog super levinho e fotos lindas!
5) Claudia Beatriz eh engenheira do BID e um amor...escreveu posts sobre sua histora vencedora, indicou livro (comprei e to lendo)...a moca eh o maximo! Confira essas meninas!

Paula disse...

Ei, nao consigo entrar na Rosebud! snif...alo, alo Andreia! To te lendo tambem! Beijao a vocs duas e otimo findi com a familia!

Paula disse...

Ei, tem a Zila...artesa no Arizona...um amor...tem a boca maior que o corpo, mas coracao idem...o endereco eh esse:http://www.chili-pepper.net/. Pronto, so volto no outro post...hahaha...ei, Tom Cruise pedindo a mao de Kate Holmes em frente a Torre Eifel?...na frente do simbolo falico maximo frances...Laurinha e Rosebud: so o "CODIGO DA VINCI", explica.
E fiquei pensando se o Tom nao levou a foto do colon imaculado dele...hahaha...Tu manda bem sempre, Laurinha!

GAbi disse...

Curto bastante a Alanis, uns meses atras teve show dela aqui, em uma exposição, ela se apresentou no pavilhão do Canadá e dizem que foi muito bom! Ainda não ouvi esse CD, na verdade nem imaginava que já havia se passado 10 ANOS desde o lançamento de Jagged Little Pill!
Beijos

Laura disse...

Paula, que bom ver voce de volta! Ja estava ficando preocupada com o sumiço. Que interessante esta do teu amigo ter encontrado ela tocando num metro. Eu nao sei se ela eh bi, nao. Mas neste relancamento de Jagged Little Pill, ela mudou a letra de Ironic. Na parte que diz "meet the man of your dreams, and then meet his beautiful wife" pra "and then meet his beautiful husband". Ela disse que tinha muitos amigos gays, e ela quis homenagea-los.
Vou conferir as suas dicas de blogs sim!

Laura disse...

Gabi, 10 anos, ja pensou.Passou tao rapido? Eh o mesmo tempo que eu tenho morado nos Estados Unidos. Eu cheguei aqui a 10 anos atras, e Alanis era super hit, acho que ainda nao tinha nem chegado no Brasil. Acho que eh por isso tambem que a musica dela ficou muito marcada pra mim, porque foi logo quando eu cheguei, e ela estava em todos os cantos que eu ia; nas radios, na tv, nas revistas, todo mundo comentando..

Daniela disse...

Laura, a Paula também já te recomendou muito na minha caixa de email...rss
Já vim aqui algumas vezes e acho que deixei comentário uma vez. Adorei o esse post. Eu gostava da Alanis porque...porque gostava. Gostava do fato dela ser tão fora do padrão bonitinha, roupinha da moda, sabe? Embora meu inglÊs seja precário e não entenda nada que ela canta, gosto demais da voz dela. Gosto desse povo de voz inusitada: Maria Rita, Mercedes Sosa, Shakira, Alanis...

Vc escreve muito bem. Esse seu post tá ótimo. Aquele da Brook Shields também ficou um escândalo de bom.

Beijos

Anônimo disse...

Muito legal este seu post prima.
Eu gosto muito da Alanis, e quando estive aí com você na primeira vez comprei este cd e trouxe para o Brasil. Legal saber que já faz dez anos, o tempo realmente voa. tenho todos os outros e resta esperar por este na versão acústica chegar por aqui.
beijos

Toninho disse...

Eu não gosto de Alanis. :/

Mais o post deixou ela mais interessante, no meu ponto de vista.

:)

Arquivo

   
eXTReMe Tracker