segunda-feira, junho 27, 2005

O que fazer com estes sapatos?

Comprei estes sapatos, que eu achei belissimos, para ir ao casamento la em Atlanta. Me custaram $49.95 dolares. Geralmente eu nao sou de pagar tanto assim por um par de sapatos (quando era solteira sim, mas nao atualmente). Mas eu queria algo que combinasse bem com o meu vestido, e cai de amores a primeira vista por este par.



Pois bem, nao duraram 4 horas! Assim que comecei a usa-los, os saltos comecaram a cair os pedacos. Salto alfinim, como disse a minha sobrinha. E olhe que nao dancei, nao pulei, nada disso. Somente sentandinha na minha mesa, de vez em quando levantando para uma coisinha ou outra. Os saltos foram caindo uma lasquinha, depois outra, depois outra. Finalmente, terminei a noite descalca, com medo de ficar so no toco.
O que voces fariam? Tentariam devolve-los?

salto alfinin

16 comentários:

Toninho disse...

Concerteza iria atras da loja reclamar. Pedir outro ou entao o dinheiro de volta.

Ninguem mandou, eles nao colocarem nas caracteristicas do sapato: Desmanchadiço.

humpf!

Toninho disse...

E obrigado por me desejar boas férias! =)

Gabi disse...

Ah eu com certeza ia lá na loja com o sapato em mãos :P adoro reclamar meus direitos... é uma pena pois o sapato realmente é uma gracinha! Beijos

Paula disse...

Troca ja...Beijao!

Megui disse...

Aqui nos EUA geralmente eles trocam ou devolvem o dinheiro. Espero que vc tenha guardado a notinha.

Inagaki disse...

Depois de pagar uma bagatela dessas, tem mais que botar a boca no trombone e pedir o devido ressarcimento!

cilene disse...

Sei nao Laurinha...eles podem nao acreditar na historia...mas o consumidor deve ter sempre razao..fosse vc , se tivesse coragem, voltaria a loja e conversaria com eles..mas comprei um tenis...lindo, marca famosa, mas o tenis era tao ridiculo...tinha um elastico no meio que foi colocado de maneira errada que acabava com os pes..nao voltei a loja...e depois de um ano cortei todo o elastico e agora uso, mas foi horrivel...e claro o tenis nao muito bom depois da operacao...

Daniela disse...

Claro que sim Laura. Aqui no Brasil,(onde nem há tanto respeito pelo consumidor) sempre vou na loja reclamar quando compro um sapato e ele quebra, rasga, depois de alguns dias de uso. Na verdade eles dão uma garantia de 3 ou 4 meses. Daí eu passo os primeiros 4 meses usando os sapatos em todas as oportunidades pra não ter nenhuma surpresa depois de findo o prazo...rs

Ninguém nunca se recusou a trocar. Às vezes manda pra fábrica (demora horrores), mas me ligam pra dizer que tenho direito a um novo. Só uma vez eles fizeram conserto. E mesmo assim ficou um conserto tão bem feito que usei o sapato por anos depois disso.

Vai lá e reclama, com certeza :)

Leila Couceiro disse...

Pede o dinheiro de volta, sim. Onde já se viu?

Espero que não seja Made in Brazil, he he he, temos que manter a nossa fama de bons produtores de sapato.

Raquel disse...

Oi Laurinha!!!

Ando com saudades ... E o Paulzinho ??? Mando um beijão prá ele ... E depois me conta se conseguiu trocar os sapatos ... acho que vale a pena tentar pelo menos , né!!!


Beijos
Raquel

Sheila Leirner disse...

Tem que trocar já, Laurinha! Pelo menos você mora nos EUA e não na França :)

Zilá disse...

Laurinha, pede o dinheiro de volta!!! Caso a loja tenha essa política.
Cá entre nós, os sapatos brasileiros são muito bons!

marcos falcão disse...

Pera aê, não é aí que é a terra dos " cara de pau" do troca -troca- do devolve tudo?
mais um menos um que eles trocarem não faz falta afinal de contas você só usou uma vez!
beijos

Megui disse...

Isso me lembra que quando saí do Brasil, não imaginei que levaria quase 5 anos pra aparecer de novo. Deixei todas as minhas roupas e sapatos guardados. Quando apareci por lá, não levei nada porque achava que ia usar as minhas roupas e sapatos. A maioria das roupas eram horrorosas e os sapatos...
bem, eu não sabia que a falta de uso causa "desfarelamento" da sola. Fui usando um a cada dia e voltando quase descalça todos os dias.

Laura disse...

Gente, troquei os sapatos. Eu fui para loja toda estressada, achando que eles iriam me dar um fora. Mas, cheguei la, expliquei a situacao, e elas me deixaram troca-los por outro par de mesmo preco.

Paula disse...

Coisa boa, ne?

Arquivo

   
eXTReMe Tracker