quarta-feira, fevereiro 15, 2006

I want candy.......

Valentine's Day foi muito doce. Cheguei em casa e meu marido havia comprado presentes para todo mundo. Digo todo mundo, porque minha mãe e minha sobrinha estão passando uma temporada aqui com a gente.
Meu marido me deu um cesta com bombons e ursinho de pelúcia, comprou um vinhozinho pra tomarmos assistindo tv (tudo bem low key, nada demais), e comprou presentes para Paulzinho dar à vovó e a priminha Bruna. É que Valentine's Day é celebrado por todo mundo por aqui, e não exclusivamente para os namorados, como é o costume no Brasil.





Modern Marvels
Depois das atividades cotidianas, que ontem foi dia de trabalhar como qualquer outro, nos sentamos no sofa para assistir tv. E para total delight, History Channel estava passando um especial sobre a fabricação de candies (bombons). Nada mais apropriado do que um especial sobre doces no dia de Valentine.

O Especial visitou diversas fábricas americanas, mostrando como funciona o processo de fabricação e embalagem dos mais diversos produtos. Em algumas o processo é manual, ou melhor, artesanal mesmo, tudinho feito na mão, como no passado. O que me fez lembrar o famoso episódio de I Love Lucy (Lucy e Ethel trabalhando na fábrica de chocolates, tendo que embalá-los de um por um.. pra quem nunca assistiu, é um clássico imperdível).



A Fábrica de candy See's fabrica quantidades um pouquinho menores que outras marcas, tipo Hersheys, por exemplo. O que não foi surpresa nenhuma, já que Hersheys é um chocolate mais popular, vendido em todo canto. E See's mais gourmet.
Pra quem nunca experimentou um chocolate See's, a mulherada americana é louquinha por ele. No meu grupo de mães era um tal de dar chocolates See's umas as outras, e dar indicações de quando os chocolates estavam na promoção, que eu até me divertia.

O meu preferido continua sendo Lindt's, como o da caixinha aí embaixo. Lindt's na verdade não é de fabricação americana. Os chocolates não são nem feitos aqui. São importados da Suíça e outros países da Europa. Trabalhei numa loja Lindt's como vendedora uma vez, e deixe-me contar, os chocolates de lá são os melhores do mundo. E como vendedora, você tem que comê-los, experimentá-los o tempo todo, para estar completamente por dentro do produto.

Voltando ao Especial, uma das partes mais interessantes achei a visita à Fábrica dos Jelly Belly Jelly Beans, que fabrica nada mais que 50 sabores diferentes de Jelly Beans.
Morri de rir com a conversa de como surgiram sabores Vômito e Catota. Sim, isso mesmo. Que delícia, hein?! HAHA! Não!

Esses, hum, "sabores" são encontrados nas embalagens especiais de Harry Porter Bertie Botts (quem ler Harry Porter sabe). Assim como também é possível encontrar os sabores "Ovos estragados", "sujeira", "cêra de ouvido" e "minhoca"...oh yeah, yummi..

E o passeio continuou pela Fábrica de lacinhos de menta (Peppermint ribbons), que ao meu ver é bem mais bonito de se olhar, do que gostoso de comer. E terminou na fábrica de guloseimas Hot Lix, que vende bombons muito diferentes. Sua lista inclue pirulitos de escorpião, e grilos crocantes cobertos de chocolate. No, thank you!

Pra quem esta se perguntando se essas coisas vendem. E como! Começa com uma cara feia, com uma expressão de horror, e vai crescendo uma curiosidade que leva as pessoas a experimentar, nem que seja pelo menos uma vezinha, ou pra aprontar uma com um amigo. Ou as crianças, que geralmente são mais corajosas.


Pra quem gostaria de ver o Especial, sera novamente exibido no Sábado, dia 25/02, às 7 da noite (Eastern Time), e eu recomendo. Uma dica - assista preparado, com uma caixinha de guloseimas à mao, pra não ficar só na vontade.

Nenhum comentário:

Arquivo

   
eXTReMe Tracker