domingo, janeiro 07, 2007

Uma Verdade Inconveniente

Benvindos ao Planeta Terra!
Foto tirada em 26 de Outubro de 1997, pelos tripulantes da Nave Espacial Apollo 17.
Que linda, a nossa casa!

Ontem eu finalmente tive a oportunidade de assistir ao documentário An Inconvinient Truth, que mostra a campanha de Al Gore (Ex Vice Presidente dos Estados Unidos) pelo meio ambiente, contra o aquecimento global.



Virei fã de Al Gore. Fiquei impressionada com sua sensibilidade, inteligência, e a paixão contagiante que ele tem pelo nosso planeta. A sua campanha é muito sensata, e muito oportuna, e nas suas palestras ele está munido de fatos, números, e informações precisas, sem expeculações, sobre os acontecimentos que estão mudando o nosso meio ambiente, e atmosfera da terra, e causando o aquecimento global. E tudo isto já começou, o que faz este filme obrigatório, na minha opinião.

Basta olhar a nossa volta, está tudo aí bem as claras. Os invernos mais quentes de lugares como Massachusetts, por exemplo. Os verões cada vez mais escaldantes de certos lugares. A falta de neve do inverno europeu. O urso Polar corre o risco de extinção, o seu habitat está literalmente derretendo debaixo dos seus pés. Furacões e tornados cada vez maiores (Katrina no ano passado é um bom exemplo), e por aí vai.

Fiquei tão senbilizada que até chorei. No final a gente fica sem saber o que fazer para ajudar. Mas o filme termina com uma mensagem de esperança (e uma música linda da Melissa Ethridge), e nos mostra o caminho da salvação, digamos assim.
*
O texto abaixo eu retirei do filme. Se todos nós seguimos estas pequenas regrinhas, é só o que precisamos para salvar o nosso planeta.

Você está preparado para mudar a sua maneira de viver?
A crise climática pode ser resolvida
Aqui está como

Você pode reduzir sua emissão carbônica. Aliás, você pode reduzir sua emissão carbônica à zero.
Compre eletro-domésticos que economizam energia. A mesma coisa com relação as lâmpadas.
Use termostatos com controle de temperatura ambiente, para o frio e o calor.
Climatize a sua casa. Aumente a insulação. Contrate um especialista no assunto para ajudar.
Recicle.
Se der, compre um carro híbrido.
Quando puder, caminhe, ou use uma bicicleta.
Sempre que puder vá de transporte público, deixe o seu carro em casa.
Diga aos seus pais para não estragar o mundo aonde vocês vivem.
Se você é pai, junte-se aos seus filhos para salvar o mundo aonde vocês vivem.
Mude para fontes de energia renováveis.
Ligue para a sua companhia de energia para ver se eles oferecem energia verde
Se a resposta for não, pergunte porque.
Vote em governantes dispostos a resolver esta crise.
Escreva uma carta, ou email ao Congresso.
Se eles não escutarem, concorra ao um cargo no Congresso.
Plante árvores. Muitas árvores.
Dê palestras na sua comunidade.
Ligue para as rádios, e escreva para os jornais locais.
Junte-se as campanhas internacionais contra aquecimento global.
Reduza a sua dependência do petróleo estrangeiro.
Suporte os agricultores na produção combustivel de álcool (da cana de açúcar).
Se você acredita em preces, reze para que as pessoas encontrem a força para mudar

7 comentários:

leila disse...

É realmente uma tragédia ele ter "perdido" a eleição em 2000.

Andréa N. disse...

Esse documentário é um tapa na orelha, né? Queria que todo mundo assistisse. E queria que tivessem lançado esse filme durante a campanha do Al Gore pra presidente. Mas também não sei se isso teria mudado o resultado daquelas eleições, que na verdade foram roubadas na cara dura pelo escroto do Bush. Pobre do nosso planeta.

cilene disse...

Laurinha pessoalmente acho que nao sou uma super poluidora...

Maitê disse...

Laureti, tô louca pra que esse dvd chegue logo, quero muito ver. Acho que é um momento das pessoas terem mais consciência... E o meu seridor, bem, o You Tube caiu fora... Bjos

Claudia disse...

Eu ainda não vi... preciso ver rapidinho...

Tom, um ser diferente... disse...

Pois é Laurinha,
Nosso planeta está morrendo. Sempre estou acompanhando documentários a respeito do assunto no canal Discovery Channel e fico cada vez mais assutado. Aqui no meu prédio e lá no trabalho já fazemos um pouco para mudar isso com coleta seletiva de lixo e uso de energia solar, mas muito ainda tem que ser feito. A gente se sente meio impotente, é verdade, mas temos que ter a consciencia de que algo tem que ser feito.
Muito legal e oportuno esse seu post.

Quanto a vitrola que tem fotos no meu blog, é minha sim. Compramos num atiquário daqui de Brasília a um mês atrás. Pense num negócio massa! Ouvir música como se ouvir em 1904 é DEMAIS! Agora estou comprando vários discos de carnaúba! Pois é, pois nessa época ainda nao existia o vinil...

Beijos pra você, minha amiga do coraçao.

Tom

Bruna disse...

Desde que eu vi o trailer desse documentario(uns 3 meses atras) que eu estou doida pra assistir! Mas aqui ainda nao esta passando nos cinemas! É um absurdo!
Esse site aqui http://educar.sc.usp.br/licenciatura/2003/ee/Efeito_Estufa.html
explica detalhadamente o que é e porque do efeito estufa, ou aquecimento global!
É muito importante todos saberem o perigo que estamos correndo.
Estava passando a reportagem no Fantastico, e o meu vizinho estava aqui. De repente ele diz "ainda bem que isso so vai acontecer quando eu nao tiver vivo" eu olhei pra cara dele e nao pude enxergar tamanha ignorancia!
A dificil tarefa é tentar encaixar esse futuro,ou melhor, presente acontecimento na cabeça desses ignorantes!
É complicado...

Arquivo

   
eXTReMe Tracker