segunda-feira, abril 09, 2007

Pobre Criança Rica!



Ignorando quase todos os reviews (de mal a pior) em netflix do filme Marie Antoinette, resolvi alugá-lo neste final de semana. E quer saber, AMEI! Fazia algum tempinho que não gostava tanto tanto de um filme assim.

As reclamações no Netflix são as mais variadas. Tem que não gostou da trilha sonora, tem quem não gostou da ausência dos fatos que levaram à Revolução e Queda da Bastilha, tem quem não gostou que não cortaram a cabeça dela no final do filme...

Pois eu acho que as pessoas não captaram o espírito da coisa. Não entenderam o objetivo que o filme quiz alcançar. Que foi o de contar pra gente, não a história da França, mas a estória de uma garota adolescente, rica, mimada, infantil, e completamente alheia aos acontecimentos do mundo. A trilha sonora dos anos 80 tem um papel fundamental que é o de "linká-la" à juventude de hoje. E se repararmos direitinho nos detalhes do filme, as festas, as indulgências, as extravagâncias, a moda, tudo faz bastante sentido. O mundo de Marie Antoinette era o mundo de uma adolescente. Ao invéz de política, ela estava mais interessada em moda, festas, e fofocas com as amigas.


Marie Antoinette foi dada em casamento aos 14 anos de idade, teve que deixar pra traz uma vida inteirinha, da família às próprias roupas. O marido era tão novo e inexperiente quanto ela. Os dois levaram anos para consumarem o casamento, vivendo sobre altas pressões de produzir um herdeiro para o Trono. Aos 19 anos quando se tornou Rainha da França, ela não estava preparada para tão importante missão.
No final até dar pra entender porque era odiada pelo povo. Nos dias de hoje seria mais ou menos como pegar Paris Hilton, separá-la de Tinker Bell, e fazer dela Presidente dos Estados Unidos. Ía ter um monte de gente querendo mandá-la para a guilhotina também.
Anyways, gostei do filme, e recomendo.

11 comentários:

Andréa N. disse...

Eu também! Eu também! Olha:
http://rosebud-nyc.blogspot.com/2007/02/marie-antoinette.html

Beijos.

Jôka P. disse...

Os DVDs aqui saem com um certo atraso em relação aos cinemas, o Marie Antoinette só tem em "Area 1", ou seja, um DVD americano que passa apenas em aparelhos importados.
Vou ficar aguardando a versão nacional na locadora e pego correndo.
Trabalhei algumas vezes com figurinista, criador de fantasias e até carnavalesco - da Império da Tijuca - portanto, sempre me interesso por art-design, figurinos poderosos e direção de arte caprichada.
Morei 8 anos na França e também ADORO a Marie Antoinette - então, junta lé com cré.
Beijos
Jôka

Marcia disse...

Boa dica Laurinha! Vou alugar assim que ver por aqui

Beijocas

Claudia disse...

Eu comecei a ver o filme no aviao na volta do Brasil, dormi duas vezes e entao desisti.
Gostei da comparacao com a Paris... hahahha

Laura disse...

Dea, deixei um comentario la pra voce. Adorei o seu post!

-

JOKA, que pena que so tem a versao importada. Vou dar uma olhada no daqui pra ver qual eh a area, se tiver um que passe na no Brasil, eu mando pra voce de presente, ta?
Nossa, voce vai amar esse filme, entao. O figurino eh MARAVILHOSO!

-

MARCINHA, aluga sim! Depois me fala o que achou.

-

CLAUDIA, assistir filme no aviao nao eh facil, eu quase nunca consigo tambem, hehe!

cilene disse...

Vou alugar Laurinha.-..acho que e bom tamberm..saudades de vc..estou voltando aos poucos

Maitê disse...

é muito bom Laureti. vc chegou a ver o all-star? abs

Patrícia disse...

Ha, ha, ha, Laurinha, voce e' o maximo! Adorei a comparacao com a Paris. To aqui rindo sozinha na frente do computador.
Ja vou colocar o filme na minha lista. Beijo.

Tom, um ser diferente... disse...

Laurinha,
ADOREI a comparação com a Paris. De fato veio a calhar.
Vou procurar na Blockbuster este título para conferir.
Andei sumido mesmo. Viajamos para Sampa na semana santa e acabamos nos prolongando por lá. Tava bom demais!
Mas agora é arregarçar as mangas e voltar ao batente para pagar as faturas dos cartões de crédito que devem vir assustadooooras! Hahahahaha.
Beijos mil!
Tom
PS: Ontem quem estava no Talk era o André. Ele me avisou que vc chamou, mas eu estava no banho e quando saí ele já tinha desligado o Lap.
Estou com saudades também!

Marcos disse...

Pois então laurinha, que legal que é esse filme, não é? A linguégem Pop, atemporal, gostei muito, Sophia se superou nessa! Prestou atenção que nas cenas que mostram muitos pares de sapatos, tem um par de All Star no meio deles?
Muito bacana!
beijos

Ana Lucia disse...

eu peguei o filme no final de semana, mas nao assisti. Acho que essa coisa de fidelidade historica em filme é mais ou menos valido. Mas ao mesmo tempo a personagem historica nao era nada disso...pra ser rainha ela recebeu uma excelente educaçao, sabia o que acontecia no mundo (visto que o mundo naquela época era bem menor). Mas o que deve valer no filme é a estética, vou ter que pegar de novo pra assistir ! :-) Beijocas.

Arquivo

   
eXTReMe Tracker