sexta-feira, outubro 19, 2007

Coisas de Paulzinho

A Tv estava ligada no noticiário hoje de manhã enquanto eu preparava o meu filho para ir pra escolinha. Na tv o jornalista falava à respeito do atentado terrorista contra a ex-primeira ministra do Paquistão, Benazir Bhutto, na sua volta ao país. O reporter falava qualquer coisa a ver com "os inimigos da ministra". Eu não estava prestando muito atenção, mas meu filho estava.
Ele senta aprumado no sofá e fala muito impressionado:

Uau! Ela tem inimigos?!! Somente os super-herois têm inimigos! Ela deve ser um super heroi então!



Ah, meu filhinho lindo, que Deus abençoe teu coraçaozinho tão inocente!


*

A Patricia me passou o seguinte memê

1ª) Pegar um livro próximo (PRÓXIMO, não procure);
2ª) Abra-o na página 161;
3ª) Procurar a 5ª frase completa;
4ª) Postar essa frase em seu blog;
5ª) Não escolher a melhor frase nem o melhor livro;

Pois bem, o primeiro livro que vi na estante foi A Insustentável Leveza do Ser, de Milan Kundera (que por sinal, apesar de antigo, eu recomendo bastante).
E aqui está a quinta frase completa da página 161

Alguns anos antes, no caminho entre Zurique e Praga, Tomas, pensando em seu amor por Tereza, repetia mentalmente para si mesmo "Es muss sein!"

14 comentários:

Andréa Brelaz disse...

Que lindo ouvir Paulzinho dizer isso! ;-)

Como é bom ter a ingenuidade de uma criança... pensar que o mundo tem super-heróis.. que o bem SEMPRE vence o mal... que TODAS as pessoas são boas e amigas!! que não existem injustiças nem se cometem maldades e erros!!

Sem dúvida que se tudo isso fosse realidade seria muito bom! :-D
Mas vamos tentando, aos poucos, modificar o mundo! :-)

(E pensar que todos nós já fomos, um dia, uma criança pensando igualzinho ao Paulzinho...) :-)

O Chico Xavier tem uma frase que diz: "Lembra-te sempre: cada dia nasce um novo amanhecer" :-D

Vivi disse...

Por isso é bom ser criança ;)

Um bjão nele por mim amiga ;)

Alberto Pereira Jr. disse...

Deus vai protegê-lo sim!
^^

Andréa N. disse...

Hehe, que fofo.

Quanto àquela menina, amiga da Ellen, Laurinha, ela devia ir visitar um abrigo de cães (daqueles bem pobres, onde eu peguei minha cachorra). Aí ela vai ter motivo pra chorar. Adota um que esteja bem precisado e pronto. Aqui eles nem têm como ter essas frescuras de "não poder repassar o bicho" porque tem tanto animal e pouco espaço, que eles dão graças a Deus da gente tirá-los de lá...

leila disse...

Eu também adoro essa inocência, é bom continuar assim por um bom tempo - a foto ficou perfeita, por sinal... He's ADORABLE!

Eu lembro que quando era criança sempre assistia o Jornal Nacional com o meu pai, e acabei ficando muito medrosa e cismada desde cedo - na época, tinha muitas notícias de seqüestros de crianças, por exemplo (lembra do caso Carlinhos?)

camila disse...

Ah, a ingenuidade infantil... Seu filho e muito fofo, e espertissimo!!
Beijocas

Marcia disse...

Ahh como ele é lindinho :)

Nunca li e nem vi esse filme, mas pretendo faze-lo em breve.

Maitê disse...

Laurinha, eu diria para o little Paul o que eu digo pra todo mundo que é criança: não cresça...

Abs

Marshall disse...

Ah que barato!
O mundo de Paulzinhoé de onde as crianças deviam esperar mais tempo pra sair né? A realidade é bem diferente e nada legal...

bjs

leticia disse...

oi, Laura
obrigada pela vistita lá no chorumelas.
abs
Leticia

Sonho Meu disse...

Eu amo crianças e principalmente a espontaneidade e sabedoria que elas falam sem querer. :)
Seu filho é muito precoce e fofo.
bjos,
me

Dona Minhoca disse...

Ah, que graça! Crianças são realmente sensacionais. :D
Benazir Bhutto só me lembra o Chico César e aquela música: "não aponte o dedo para Benazir Bhutto/ ela está de luto/pela morte do pai". Hhuahauhauah

Lê, disse...

Achei seu blog sensacional, adooreei! lindo, dinâmico e super descontraído com seu senso de humor impressionante.
Não tenho um blog, mas assim que fizer tentarei ser extrovertida e postar sobre tantos assuntos interessantes e criativas, como você. Beiijo :*

Anônimo disse...

Laurinha ,

Que fofo !!! E bom pensar assim ne.
Depois a gente cresce e ve que nem so os super-herois tem inimigos, e que as vezes nem precisamos fazer nada para te-los, somente sermos nos mesmos ja incomoda ...hehehe
Mas e isso, acho que nos somos tambem meio super-herois ... talvez essa seja a explicacao mais doce para algo tao pesado .
Beijos na super-heroina do Paulzinho .

raquel

Arquivo

   
eXTReMe Tracker