terça-feira, outubro 23, 2007

Uma coisa é a pessoa não querer comer algo porque não gosta.
Uma coisa é uma pessoa ficar receosa de experimentar uma comida que nunca provou antes.
Outra coisa é pessoa não querer nem provar uma comida diferente somente por puro preconceito.

Ok, levei a americanada do trabalho pra almoçar num restaurantezinho brasileiro pertinho da gente. Um negócio super em conta, você mesmo faz o seu prato, e paga por peso. Uma variedade enorme de coisas, inclusive com direito as carnes do rodízio. Coisa que num restaurante americano custaria o olho da cara, saiu por menos de 8 dólares, com tudo incluído.
A americanada gostou.
Mas teve uma pessoa que não quis ir de jeito nenhum. Perguntou quinhentas vezes o que era a comida, que gosto tinha, perguntou mais outras quinhentas vezes "será que eu vou gostar? Ai, sei não, será?". Terminou dizendo não.

Putz grilo, hein? Carne tem gosto de carne, arroz tem gosto de arroz, salada de verdura tem gosto de salada de verduras... Que povo mais atrasado! Deu vontande de dizer que a comida era olho de peixe com intestino de boi. Vai ser ignorante assim lá na caixa-prego!
Vai comer uns donuts então. Aquela bosta deep-fried que leva 7 dias pro estômago digerir!

16 comentários:

Maitê disse...

Laurinha, vc tem toda razão. Essas coisas que o pessoal comem ai , nossa, deve ficar pra ser digerido um mês. Eles vão enfiando mais e mais. COmidinha brasileira é o que há...

Abs

Jôka P. disse...

Gosto de provar comidas diferentes.
A culinária internacional ou mesmo regional é sempre uma oportunidade de surpreender o paladar.
Nunca fui de torcer o nariz pra comida nenhuma, e quando posso, provo o que aparecer de novidade. O máximo que pode acontecer é não gostar.
Isso de só comer sempre a mesma coisa, de não gostar disso ou daquilo, de ter nojinho, é coisa de criança, de gente sem nenhuma educação e principalmente de pobre.

Jôka P. disse...

O serviço metereológico informa: aqui no Rio está um temporal sem precedentes.

Patrícia disse...

Ah, Laurinha, gente assim tem em tudo o que é lugar! Lembro uma vez que convidei uma menina brasileira que era Au Pair também pra ir num restaurante mexicano comigo e uma outra menina, mas ela logo soltou um: "Não gosto de comida mexicana!" Aí eu perguntei se ela já tinha comido, e ela disse: "Não, nunca comi, mas eu sei que eu não gosto!"
Vá entender...

Andréa Brelaz disse...

Também odeio gente metida à besta, que nem quer experimentar a comida para falar se gostou ou não.

E tem certos tipos de pessoas que agem assim em relação a tudo na vida: comida, amigos, parentes, bebidas, times, lugares, educação de filhos,e por aí vai.

Dona Minhoca disse...

Eu já fui dessas, quando era mais nova. Só consegui mudar depois que fui morar na Alemanha. Depois fui pra França e acabei de vez com qualquer frescura alimentar - minha única restrição se deve ao fato de ser vegetariana.

Megui disse...

Tenho um amigo brasileiro aqui que trabalha num restaurante brasileiro e come 365 dias no restaurante que trabalha. Imagina isso? Tanto restaurante internacional aqui pra conhecer e ele quer comer todo dia no mesmo lugar. Por aqui, ja fui em restaurante de tudo quanto eh lugar: tailandia, Nepal, Etiopia, Alemanha, Franca, Espanha, Grecia, Vietnam, Marrocos, Equador, Cuba, Peru, argentina...do que eu me lembro falta a russa

Laura disse...

MEGUI, sou como voce, eu experimento qualquer lugar diferente, inclusive me animo ate mais um pouquinho quando o restaurante eh internacional. Acho que a gente deveria provar pelo menos uma vezinha, se nao gostar do gosto, ai tudo bem. Mas pelo menos experimentar.

cilene disse...

Laurinha aqui tå cheio desse tipo. odeio. eu experimento, se nao gosto nao como mais e pronto. mas eles sao mesmo e preconceituosos. Com se a comida deles fosse melhor..beijos

Jôka P. disse...

O que vocês fazem em casa, de comida, todos os dias ? Comem feijão, arroz, o que ? Sua família come comida brasileira ou americana ? O que compra no supermercado geralmente ? Rola um macarrãozinho gostoso ? Salada de alface/tomate ? Bife ? Carne moída ? Frango ? Sandwiche ? Pãozinho de padaria ? Pizza ? Legumes ? Comida pronta/congelada ? Faz um pastelzinho basico ? Maionese de batata ? Empadão ? Bolo ? Gelatina ?
O que é mais normal vocês comerem em casa no dia-a-dia ?
Me conta, Laurinha ?

Andréa N. disse...

Hahaha, Jôka figura...

Concordo contigo, Laurinha. Não chama mais essa grossa pra comer contigo não. Fuck her!

Mariposo-L disse...

Laurinha deve ser uma barra, conviver com esse povo entojado ...
Agora venhamos cá .. tem uma comidinhas "brasuca", que nem eu tenho coragem de comer ...mas independente disso em todo lugar tem comidas estranhas ...

Sonho Meu disse...

Gente chata tem em qualquer lugar do mundo. Mas eu sempre falo aqui em casa que americano em geral nao tem humor. Ooops... sou casada com um americano diferente, que come de tudo e é bem humorado.
bjos,
me

Laura disse...

JOKA, na minha casa rola um pouquinho de tudo sim. Eu nao sou cozinheira de mao cheia nao, e geralmente nao tenho paciencia pra cozinhar, nessas horas a comida eh mais rapidinha, tipo um sanduiche tipico americano, cachorro quente, essas coisas. Mas quando eu to inspirada eu faco um feijaozinho (sempre tem farofa torrada na minha casa), conforme for o meu humor eu arrisco ate a fazer um strogonoff, ou salpicao de galinha, etc. Ai, agora estou ficando com fome!

Liliane de Paula disse...

Éh porque ela eh chata mesmo Laurinha. Era so colocar um pouquinho e provar.
Paulzinho tem razao. No mundo dele, inimigo quem tem eh superheroi.
Liliane de Paula

Bruna disse...

The Ring foi traduzido como "O Chamado".
Eu quero assistir Saw...

Arquivo

   
eXTReMe Tracker