terça-feira, fevereiro 12, 2008

Tem gente sem noção que acha deve estar por dentro de todas as paradas de sucesso, só para dizer que é legal, cool, in tune, conectado com as vibrações da natureza.

Eu digo, please.... aceita as suas limitações. Ninguém sabe de tudo, ninguém está 100% antenado em todos os minutos do dia.

Eu tenho os meus momentos de brega, os meus momentos de total chatice, os meus momentos super dorkie, quando eu estou mais por fora que bunda de índio. Ah, e por falar em bunda de índio, eu tenho os meus momentos politicamente incorretos. Viva os momentos politicamente incorretos. Eu não sou hipócrita!

Eu tenho momentos como este, quando eu falo o que me vem na telha, quando eu nao estou nem aí para agradar e fazer sentido. Tem dias que eu escrevo este blog somente para mim mesma.

Tem dias que eu quero ir fazer lipoaspiração e parecer com todas aquelas estrelas de cinema que estão sempre fenomenais nas telonas e telinhas. Tem dia que vale a pena fotoshopar um sorriso, assim tipo naquelas fotos das festinhas altas horas da noite, depois de 3 margaritas. Tem dias que o cabelo so vai mesmo na chapinha. E viva a chapinha!
Quem nunca pensou assim, que atire a primeira pedra!

Tem dias que estou me achando.

Quem ler este blog já deve ter percebido que eu escrevo e re-escrevo as coisas. Um post nunca está completamente terminado.

Tem gente que é tão in love consigo mesmo, e acha que o mundo todo gira em torno do próprio umbigo, como naquela musica de Carly Simon "You are so vain, I'll bet you think THIS is about you, don't you? don't you???". Eu digo, get real!

Não vale a pena ser perfeito. Ser perfeito é cafona, é forçado e tá na cara, e deve dar um trabalho incrível!

11 comentários:

Andréa N. disse...

Perfeicao nao existe, Laurinha. Eu gosto cada vez mais das minhas curvas e celulites. E como boa geminiana, tenho meus momentos, tambem, hehe.

Lulu on the Sky disse...

Ainda bem q a gente é imperfeito senão ia ser um bando de chato.
Big Beijos

Andréa Brelaz disse...

Também tenho as minhas oscilações refer. a humor, peso, aparência, desemprego, entrevistas sem retorno, auto-estima (variável), TPM, e por aí vai! :-(

Menos os meus cabelos que não mudam nunca: lisos, muito lisos, sem uma onda, e eu adoro cabelos cacheados, volumosos, brilhosos, e infelizmente nunca terei a oportunidade de fazer uma chapinha e ficar com um visual diferente (liso ou cacheado) para escolher quando quiser :-)

A única coisa que faço neles são as luzes semestrais p/ não acabar com a fibra dos meus cabelos que tem pontas duplas ou triplas :-(

Ah! :-( Também estou um pouco acima do peso, e com muitas outras 'coisitas mais', porém sei que tenho que ser + eu, pensar positivo para as mudanças acontecerem e fazer também a minha parte, correr atrás, etc.

Também escrevo no meu blog só o que me agrada, mas se coincidir de outra pessoa gostar, então acho ótimo saber que agradei ;-)

Sou o que sou, se agradar ou não: p/ mim é ótimo de todo jeito! :-D

Liliane de Paula disse...

Laurinhaaaaa, isso mesmo. Tem gente que não olha o umbigo e só patrulha a vida do outro, o jeito do outro, o gosto do outro.
Liliane

mariposos disse...

Laurinha, acho que já faz pelo menos um ano que leio seu blog, e nunca te vi assim..... calma 'mue" e fala para agente o que aconteceu :)))



PS, já fui ver seu novo blog :)

Lucia Cintra Stevenson disse...

E quem nao tem esse dias ou esses "moods" de vez em quando, ne? Tem dias que eu tb me arrumo todinha, fico nos trinques, como dizem; outros que nem me importo de usar jeans e um casaco de moleton do meu marido ainda por cima (que e' bem maior e mais alto que eu) pra ir pro trabalho...

Deixa essas pessoas de lado, La... cada um com a sua. Um dia vao descobrir "tragicamente" que ninguem e' perfeito, nem mesmo elas. rsrs

Lucia Cintra Stevenson disse...

Sabe o que reparei ao ler um comentario seu no meu blog? Que nosso olhar nas fotos de perfil que temos, sairam os dois com um mesmo look "sassy"... ate ri. bjos

Sonho Meu disse...

Ih...tá arretada ???
Todos nos temos os bons e maus momentos..os meus momentos "tolerancia zero", geralmente vem no final do dia sempre. hehehehehe
No outro dia pela manha, to inteira e normal. Basta uma noite bem dormida.
bjos,
me

Anônimo disse...

prima, amei o seu posto, e concordo plenamente, viva as nossas chatices, as nossa limitações, as nossas caras feias de vez em quando. me lembrei dos seus amigos da época do Sebrae - PE que diziam algo mais ou menos assim, e que eu nunca esqueci; Amor só de mãe, paixão, só de cristo, bagaceira só presta muita, dinheiro de montão, Liso só o cabelo, quem for de vidro que se quebre, qem suiser me amar que sofra, quem quiser que não me ame... Um beijão, Markinhos

Laura disse...

Marquinho do Ceu! Como tu lembrou dessa frase? menino, faz um tempao que eu tento lembrar de como eh que era essa frase. Amei que voce escreveu isso aqui. Eh isso mesmo. Vou ate pegar e colocar ai do lado, este eh o meu lema tambem! haha! Voce fez o meu dia!
Beijos

LucianA disse...

olá, Laura. é a primeira vez que comento aqui... Incrível como me identifiquei com este post! (enfrento uma situaçãozinha chata que tem tudo a ver com a vaidade de outras...), e me sinto melhor agora. Percebi que errado estão os outros! Sabe aquela palavrinha ****-se !? Liguei ela aqui na minha testa.

Arquivo

   
eXTReMe Tracker