sexta-feira, maio 20, 2005

Oceans 11 & 12

Assisti Ocean's 12 (em Português: Doze homens e outro segredo), 2005 neste último final de semana, pois é lançamento recente em DVD.

Pra quem tem a cabeça enfiada na areia, Ocean's 12 é uma continuação (sequel) do filme Ocean's 11 (em Portugues: Onze homens e um segredo), 2001.
Continuações quase nunca são tão boas como os filmes originais, e Ocean's 12 não é nenhuma exceção.


Oceans' 11 é um remake. O original feito em 1960 contava com o famoso Rat Pack (Frank Sinatra, Dean Martin, Sammy Davis Jr, Peter Lawford).
Na estoria, Danny Ocean (interpretado por George Clooney aqui, e Frank Sinatra em 1960) mal acaba de sair da prisão e já está tramando o seu próximo roubo. Primeiro passo é reencontrar o seu parceiro, Rusty (Brad Pitt). Juntos, os dois escolhem a dedo o restante do time (no critério de que são nada mais, nada menos os melhores possíveis). Dai, Danny estabelece o seu alvo: Roubar dinheiro diretamente dos cofres de 3 cassinos de Las Vegas, que não por coincidência pertencem à Terry Benedict (Andy Garcia), o homem que anda às voltas com sua ex-mulher, Tess (Julia Roberts).
O filme tem um ar de chic, e segue bem elaborado, recheado de diálogos memoráveis e uma trama que até mesmo a gente, do outro lado da tela, chega a duvidar que dará certo.
E eu não vou contar a estoria, mas é bem bolada e vale a pena assistir.



Baseado nisso, então, foi que decidi assistir a sua continuação, Ocean's 12. Apesar de ser atraente como o primeiro, contar com os mesmos atores (um verdadeiro eye candy, aliás), ter um visual igualmente chic, Ocean's 12 deixa a desejar.
Terry (o dono dos cassinos roubados, lembra?) está de volta para recuperar o seu dinheiro, e o quer com juros e correções monetárias. E Danny Ocean e seu grupo tem que correr contra o tempo para juntar $160 milhões de verdinhas. Só que o grupo já gastou boa parte desta grana, e agora terá que roubar de outros para pagar o que deve à Terry. A trama leva o grupo à Europa, aonde entram em cena dois novos personagens: um é o milionário, excêntrico, playboy, igualmente ladrão, de apelido Nightfox. E o outro é a detetive Isabel (na pele de Catherine Zeta-Jone). Nightfox acha que é o melhor ladrão do mundo, e desafia Danny Ocean pra ver quem dos dois deve levar o título. Ocean não está interessado, mas Nightfox se compromete a pagar o dinheiro de Terry, se Ocean ganhar a competição. E ai começa a brincadeira.
Apesar de ter uma trama confusa, cheia de reviravoltas, o filme não consegue fugir do clichê hollywoodiano, com plot prevísivel.
E no final, a melhor coisa do filme acaba sendo sua trilha sonora, que conta a música Appuntamento, cantada por Ornella Vanoni, que é uma deliciosa versão em Italiano de "Sentado à beira do caminho", do nosso Roberto Carlos.


5 comentários:

Paula disse...

Assisti "Ocean's Eleven" e gostei muito. O segundo esta pra chegar em breve pelo Netflix. Bom, o legal pra mim no primeiro foi ter acompanhado a atuacao do ator Elliott Gould que tem biotipo de mafioso - inclusive nao eh a toa que interpreta um "Reuben Tishkoff", afinal "empresario de jogatina" eh o que mesmo?...rs...Desculpem, mas depois de assistir "Casino" com a Sharon Stone & cia: ficou dificil mudar a imagem, mesmo sabendo que tudo eh legalizado - pois bem o moco vem a ser primeiro marido da "funny girl" Barbra Streisand e pai do seu unico filho Jason Gould. Mae e filho atuaram juntos no comovente "The Prince of Tides", mas parece que a carreira do herdeiro nao eh das mais concorridas.. Alem de ironia das ironias (ja que Barbra eh simbolo maximo de admiracao entre a comunidade GLS), ele ser homossexual. Nada contra, nada contra.
Laurinha, achei bacana voc ter mencionado a badalada turminha de Frank Sinatra, inclusive tem filme deles na praca desde 1998 com o Ray Liotta, Joe Mantegna e ate nora do saudoso ator ingles David Niven fazendo as vezes de Marilyn Monroe. Pra quem nao sabe Peter Lawford foi casado com Patricia Kennedy, irma do Presidente John Kennedy. Dizem as boas, mas e mornas linguas que Peter foi quem colocou tentacao nos cunhados (John e Bob) ao apresentar a eles Lady Monroe e teria sido visto junto com Bob Kennedy saindo da casa de "Norma Jean" no dia da misteriosa morte dela. Bom, vamos dar o beneficio da duvida a Peter, ja que eh notorio o gosto da familia real americana pelos "operarios" de Hollywood. O patriarca da familia - Joseph Patrick Kennedy teve apimentado affair com a atriz Gloria Swanson (imortalizada em "Sunset Blvd"), John John namorou Madonna, Sarah Jessica Parker e Daryl Hannah e Maria Schiver eh casada de veu e grinalda com Arnold Schwarzenegger. I'll be back!

Andréa N. disse...

Ornella Vanoni eh tudo, lembra de "Senza Fine"? Setentona, mas otema!!
---
Paula, vc sabe se netflicks eh melhor que o blockbuster ou vice-versa? To pra entrar num dos dois pela internet, mas nao sei qual seria o melhor, ou se ainda eh tudo a lesma lerda. Da uma luz?
---
Beijas pras duas,
A

Paula disse...

Olha, querida...por recomendacao de um amigo meu e da Laurinha optei pelo Netflix, mas estou tendo probleminhas com a demora. Talvez porque tenha optado pelo pacote de 3 filmes. Sinceramente nao sei, so que agora mudei pro de 5. Entao o problema foi sanado e esta compensando sim, ate porque prefiro DVD do que TV. Vou te vender o peixe que comprei do meu amigo a respeito do "Blockbuster". Diz ele que o sistema supracitado nao tem o acervo e nem a disponibilidade de inumeras copias quando da fase de lancamento, em suma: perde feio pro Netflix.Depois disso nem resolvi tentar. Ajudou? Beijao a vc e a Laurinha!
PS: Agora nada melhor do que ouvir a opiniao da mestra, ne? Laurinha, where are you?

Laura disse...

Paula, sabia sim. Eu sou meio obsecada pela familia Kennedy. Ja li milhoes de coisas a respeito, e assisto tudo quanto eh de material. Faz tempo, li um livro que fala do relacionamento de Marilyn com os irmaos Kennedys (o nome agora me falha a memoria, mas eu vou dar uma checada na minha biblioteca e depois te digo). As coisas que foram ditas neste livro sao pesadissimas. Inclusive como Marilyn morreu.

Peter Lawford vivia entre Hollywood e os Kennedys, a promovia festas na sua casa de praia. Foi assim que Marilyn foi apresentada a John Kennedy. Segundo o livro tambem, Sinatra era a conexao dos Kennedys com a mafia. E por ai vai.

Andrea, eu tenho Netflix. Eu gosto muito! Sei que Blockbuster copiou a ideia e oferece precos mais baixos. De resto, acho que eh tudo igual. Mesmo oferecendo precos mais baixos, eu fico com o Netflix, pois antes do Netflix aparecer, a Blockbuster dominava o mercado, com altos precos de aluguel e taxas extras, pra quebrar o bolso do consumidor. Entao, so por causa disso, eu fico com a netflix.

Paula disse...

Tambem manjo de Sinatra, Sam Giancana, familias: Kennedy. Onassis, Windsor & Grimaldi. Adoro Hollywood, "Rat Pack" e o "The Brat Pack" tambem...rs...
Meninas,Netlix pra mim so ta sendo bom depois que aumentei o plano. Antes estava mofando sentada esperando... esperando a chegada de novos DVDs.
Ja ouvi rumores que o "Block" pertence (socio majoritario/minoritario?) ao Governador da California: Arnold Arnold Schwarzenegger. Isso confere?
PS: estou curiosa pra saber o titulo do livro.

Arquivo

   
eXTReMe Tracker