quarta-feira, dezembro 13, 2006

So much for customer service..

Eu tenho saudades daquela época quando a gente ligava para uma determinada companhia, e uma pessoa de verdade atendia a gente do outro lado da linha. Os com mais de 25, provavelmente lembrarão! Eu tenho vontade de pegar o sujeito que inventou o tal do atendimento automático/digitalizado/mecânico, ou sei lá o nome que se dá pra aquilo, e levá-lo para a tal Ilha de Lost pro Sayid torturar.

Eu ligando para uma tal companhia ainda a pouco, cadê que vem alguém na linha pra falar comigo? A invenção agora é que o tal atendimento automático "conversa" com a gente. Ao invez de pressionar botões no meu telefone, "se o seu problema é tal pressione 1, se o seu problema é tal, pressione 2", eu posso simplesmente conversar com a máquina do outro lado da linha. Olha só que maravilha.... NOT!
Agora, tente isso em inglês com um sotaque estrangeiro na mistura. E olhe que eu considero o meu inglês muito bom, viu. Sao 30 anos de uso. Pois é!

A máquina - Se você tem um problema com o display, diga display. Se o seu problema é com o audio, diga audio. -- Simples, né?
Eu - Display
A máquina - Sorry?? A mãe de quem??.. Se o seu problema é o display.... blah-blah-blah....
Eu - Display
A máquina - Não entendi... Se o seu problema......
Eu- CUSTOMER SERVICE, CUSTOMER SERVICE, CUSTOMER SERVICE!!!!! Já gritando.
A máquina - Um minuto por favor...

Pois é, a louca aqui agora briga no telefone com atendimento eletrônico. Era só isso que estava me faltando.

19 comentários:

Andréa Brelaz disse...

Também não suporto atendimento eletrônico! argh!

Só de ouvir "digite tal nº" da opção escolhida ou do nº de celular, ou de nº de cartão de crédito ou de nº de CPF, e depois de muitos minutos!!! somos atendidos (ufa! finalmente!) por um ser humano que solicita tudo de novo (agora sem digitar), só falando, é um saco!

E pior é quando o atendente não consegue resolver e/ou passa para outra pessoa (ex: um supervisor) e ouvimos: - ligue mais tarde pois o sistema está "fora do ar"

É pra morrer de raiva!

Isso é verídico! Passei por isso no mês passado quando tentei cancelar o meu celular da TIM e só é realizado o cancelamento via atendimento eletrônico.

P.S.: Te enviei um e-mail ontem.

Tom disse...

Laurinha,
Aqui no Brasil também já chegou essa moda.
Eu comprei meus eletrodomésticos numa grande rede de lojas desse seguimento que se chama Casas Bahia. Então, para resolver qualquer coisa com eles, você tem que ligar para o tal do "antendimento automático", e é tudo nesse esquema de falar, ao invés de digitar números. O problema é que, as vezes, a máquina nao entendo o que a gente está falando... vai ver é o meu sotaque de pernambuco. Como a máquina é paulista, deve ter dificuldade pra entender o que digo.
É isso! A evolução no fim dos tempos!
Beijos pra você!
Tom

Tom disse...

Laurinha,
Aqui no Brasil também já chegou essa moda.
Eu comprei meus eletrodomésticos numa grande rede de lojas desse seguimento que se chama Casas Bahia. Então, para resolver qualquer coisa com eles, você tem que ligar para o tal do "antendimento automático", e é tudo nesse esquema de falar, ao invés de digitar números. O problema é que, as vezes, a máquina nao entendo o que a gente está falando... vai ver é o meu sotaque de pernambuco. Como a máquina é paulista, deve ter dificuldade pra entender o que digo.
É isso! A evolução no fim dos tempos!
Beijos pra você!
Tom

Telma disse...

Laurinha querida
Estou passando por aqui pra matar as saudades.
A Telemar aqui, tá me matando de raiva, agora, temos que falar literalmente com a máquina,temos que em poucas palavras dizer o que queremos.E não adianta reclamar.
Quando é que vc vem por aqui? Não é possível que na sua próxima viagem,não nos encontremos.
Beijos com carinho.

Marcos Falcão disse...

Post Fantástico
É a época da tecnologia irritante.
Concordo em gênero número e Grau com o seu comentário.
beijos

Anônimo disse...

Hahahaha, vc nao eh a unica!! Meu marido, antes da primeira palvra, ja grita pra maquina: HUMAN BEING, HUMAN BEING!!
Eh muito engracado de ver.

Andrea N. (In other worlds)

Patricia disse...

Obrigada pela visita, Laurinha.
Eu tambem detesto "conversar" com o computador porque ele nunca entende o que eu falo. Quando tenho que ligar pra algum customer service e o computador "atende" eu desligo ou passo o telefone pro meu marido. Um saco!!

marcia kawabe disse...

Laurinha uma vez eu vi naquele seriado Frasier eles fazendo graça com essa história de atendimento eletrônico. Parece que aí é pior do que aqui hehehe

Tô com raiva de você não boba, é que ando sem tempo para nada. Meu bloglines esta explodindo de posts pra eu ler :)

bjs

Paulo disse...

Oi Laurinha,

Por melhor que seja usar computadores e centrais eletrônicas, o atendimento e o contato humano, jamais serão substituídos.
Ótimo fim de semana
bjs

Lila disse...

Oi Laurinha! vi aqui testar os comentários pro Jôka...rs...
esse negócio de não falar com um ser humano do outro lado da linha é irritante!

Anônimo disse...

Laurinha oi , aqui é Mariposo , não consigo fazer nem um comentário no seu blog .... eu escrevi algo que magou ? você me bloqueou ? se for desculpa, juro que não era essa a intenção !

Laura disse...

GENTE DO CEU!!!! Eu nao sei o que esta acontecendo com o meu sistema de comentario. Tem um montao de gente dizendo que nao esta conseguindo comentar aqui. Ja recebi mensagens do Tom, do Jonas (pai do Joka), do Joka, Mariposo.
Claro que nao estou com raiva de voce, Mariposo, nossa de jeito nenhum, nao tem motivos. Adoro quando voce me visita. Nao sei o que esta acontencendo. Vou ver se consigo consertar esse problema super chato.
Adoro a visita e os comentarios de todos voces.
beijos

Jôka disse...

Testando... será que assim vai ????

Jôka P. disse...

Parece que selecionando "OUTRO" ao invés de Google/Blogger o negócio aceita...
Bjs,Jôka

Maitê disse...

Awui não tem esse negócio eletrônico , mas temo famoso passa-passará: passa de um pra outro o tempo todo. Abs

luma disse...

Ainda temos por aqui, a opção de não responder nada e a ligação passar para uma atendente.
Corro pra não precisar do serviço!

O sistema de comentários esta no beta, por isso a diferenciação. Quem é blogspot comum tem que fazer login pra comentar. No beta é só colocar direto sem login. Muita gente não prestou atenção nisso.
No meu caso, o meu nome de usuário é meu e-mail, que digito direto. Não sei os outros. Se eu colocar o meu nome não vai!

Sobre a Britney, a Paris e cia. Elas esqueceram que já passaram da adolescência.

Aí vende gelatina de frutas?? Posso lhe ensinar um paliativo de iogurte? (rs*)

Bom fim de semana! Beijus

Daniela disse...

hahahahahaha

Me identifiquei com o seu comportamento. Eu odeio qq atendimento, aquela língua que eles falam: senhora aguarde um momento "vou estar transferindo sua ligacao". E maquina entao...ufff. Me irrito todas as vezes.

E essa moda de "fale o que vc deseja" é terrivel. Eu as vezes estou no ônibus, ou andando na rua, em qq lugar, falando do celular, e tendo que ficar dando instruçoes pra uma máquina, com o povo me olhando esquisito. Morro de vergonha...rs.

Mas olha, eu JAMAIS vi atendimento ruim que nem esse aqui da Espanha e olha que é dificil de bater a Telemar...rs

Beijos.

Marshall disse...

Posso defender o atendimento eletronico?
ele foi criado para que surdos e mudos pudessem usar o telefone: para surdos com visor que escreve o que a pessoa fala e para mudor que vc digita e aí ele converte para voz... daí para o atendimento eletrônico foi um pulo, ou seja, a origem é boa né?
bjs

Pry disse...

Eu tbem fico P da vida com esse atendimento programado, e ja nem respondo mais.. geralmente na terceira vez q eles falam que nao esta conseguindo entender o que queremos, ja transferem pro atendente. Eh um horror isso. bjs

Arquivo

   
eXTReMe Tracker